eles não entendem quando eu não quero ser puta. entenda, por favor, o meu direito de ser e deixar de ser. é simples, não é todo dia que funcionamos. tem dia que estou cansado, estou mal, sem forças. não sou aquelas putas que sabem falar uma mão completa de idiomas e não aprendeu a dizer Não em nenhuma. estranho seria nunca querer. hoje não quero. olhando bem talvez seja o horário, não, não falo dos fusos. é cedo ainda. tenho que fazer ducha. liga depois, júnior, vou tá na frente do mercadinho te esperando. beijo. tá, eu ligo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s