Pra que frequentar a escola?

estou cansado até de saber que quase ninguém sabe. inclusive eu: matemática. o resto do povo: quase tudo. não suporto aula de literatura na escola. é uma deformação, quase um abandono à letras. quero estar vivo no futuro para falar bem mal da maneira como fui educado. quero que minha formação seja outra. não atribuo ao professor o pouco que eu sei. nem o roteiro eles estão oferecendo mais. que tédio que é frequentar uma escola onde nada se aprende. uó (como reclamam as bichas, sim, sou uma).

COMENTÁRIO DE UMA AMIGA  RELACIONADO A ESTE POST NO FACEBOOK:

(Jana Vasconcelos):
João, não só as bichas, rs Mas é verdade, boa parte das coisas que aprendi foi fora da escola. Principalmente na área de humanas. E aula de literatura então, nem se fala! A escola contribui bem pouco nas coisas que eu sei. É triste isso. Pra que frequentar a escola, afinal??

 

Quando a escola estraga

Portrait of Pablo Picasso

“A arte limpa da alma a poeira da vida.” PICASSO (foto)

(ontem passei o dia lendo um livro daqueles pesadões de arte na livraria cultura e li essa frase de picasso e me encantei com tanta coisa nova que vi. o gostoso da arte é essa abertura escancarada para o novo. pena que a escola ajuda a estragar esse gosto, às vezes até precoce, nas pessoas. a aula de artes hoje na escola prova isso. a escola às vezes estraga e só não mais que socializa. tantas questões para responder e nenhuma conversa daquelas que encanta o aluno. acho que se eu não estivesse próximo de bons escritores (devo isso ao sesc) já teria me perdido na arte e até desistido. tudo é formação e, como escreveu mario quintana, a arte mais difícil é a de desler. com modéstia ainda digo que inda bem não necessito dessa péssima formação que brocha as pessoas antes mesmo até de se experimentar. só isso mesmo que tinha a dizer por uma frase).

Pena maior

tenho pena porque muitos dos meus amigos vivem sem arte e sem poesia e sem uma boa música e sem teatro e sem encanto e sem nenhuma utopia, apenas com a rotina de sempre. triste, mas é. quem é assim, sabe. ou melhor, sofre. a arte reiventa a vida e esse tédio que muitos postam nos status denuncia.
 

Homofobia é coisa de veado (sempre soube)

“Homofóbicos, que são pessoas que sentem grande desconforto quando pensam em homossexualidade, frequentemente são homossexuais reprimindo suas próprias tendências biológicas. A pesquisa não foi contestada em 17 anos e suas conclusões foram reforçadas por outro teste mais preciso, realizado na Inglaterra no ano passado, com imagens cerebrais de homofóbicos. Claro que nem todos os homofóbicos são gays: pode ser cultural ou simplesmente uma dificuldade de lidar com o diferente. Mas pessoas que nascem gays em ambientes repressivos muitas vezes aprendem a suprimir a homossexualidade e sentem raiva dela.” DENIS RUSSO BURGIERMAN, em artigo da Super Interessante.